sábado, 2 de outubro de 2010

RESPOSTAS AOS EMAILS...Casais!!!


Homens e mulheres que aprenderam com suas mães e seus pais que as esposas tratam os maridos como bebês indefesos, ou que os maridos, supostamente, dominam suas esposas, ou que é certo causar embaraços à esposa em público, podem imitar ou aceitar esse tipo de comportamento, porque parece normal e familiar, porque é o modo como se fazia.
Mas não é preciso que fiquemos, desavisadamente, presos à armadilha de repetir o modo como se fazia. Com um pouco de esforço, podemos fazer escolhas e mudanças. Se identificarmos a origem dos papeis conjugais dele e dela, podemos concluir que não precisamos continuar a imitá-los. Se entendermos que ser diferente não é ser desleal, podemos seguir nosso próprio caminho. Se reconhecermos que o que é familiar não é necessariamente “normal” ou “certo”, podemos escolher outros caminhos. E, se nos afastarmos das definições de nossos pais sobre o que se deve esperar de marido e mulher, podemos começar a definir e criar nossa própria família.


PENSE NISSO!
André Lyra

Um comentário:

  1. Parabéns meu perfil está em Swing http://swingcertificado.com.br e na
    Rede social de Swing http://swingonline.com.br

    ResponderExcluir